domingo, 28 de dezembro de 2008

Ser Palhaço.... O que é que tem????


Ser Palhaço... O que é que tem???
Esta palavra, pronunciada
Muitas vezes com descaso ou desdém
É dita para demonstrar a raiva de alguém
Ou para comparar-se aos outros
Mostrando a superioridade que tem.

Mas ser palhaço
Não é ser um bicho papão.

NNNÃÃÃÃOOO!!!

Para ser palhaço, é necessário amor
e paixão no coração
Para que se possa aceitar e olhar o mundo
Com outra visão

A visão de uma criança
Que carregamos no peito e nos traz esperança
De que ainda podemos ser nós mesmos
E que ainda podemos lutar por mudanças

Cada um tem sua especialidade
Circo, Teatro, Hospital, Denúncia
Todos mostram suas habilidades

Mas acima de tudo
Querem fazer com sua extrema verdade
Para que seu palhaço
Não vire uma banalidade

Pelos olhos do meu palhaço
Que acabei encontrando
Vejo um mundo triste, amargurado
Caindo em desencanto
Onde crianças não são mais crianças
E não saem por aí brincando

Vejo um mundo robótico, automático
Com a ganância imperando
E o homem em descaso
Com a tristeza reinando
E a alegria em frangalhos
Com o tempo sucumbindo
E o amor indo para o espaço

Um simples nariz de plástico
Carrego hoje, com honra
Pois ele tem me ensinado
A ser uma melhor pessoa

A me aceitar mais
A me compreender melhor
E a ser um ser humano
Que também se magoa

Mas a mágoa
Esta não devemos carregar
Pelo contrário
Alegria devemos levar
Pelo menos enquanto os nossos narizes
Pudermos colocar

O Palhaço nos traz a lembrança
Que o sonho ainda é possível
Para aquele que tem esperança
E para aqueles que querem aceitar
Que também dentro deles
Existe uma criança

Deixo aqui esta mensagem
Para aqueles que quiserem escutar
Para que parem, pensem, reflitam
Se quiserem, até meditar.

Pois atrás de um nariz de palhaço
Também existe gente
Que sonha com homens mais humanos
E um mundo mais contente



video


segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Não desista!

O voô até a lua não é tão longo. As distâncias maiores que devemos percorrer estão dentro de nós mesmos."
(Charles de Gaulle)


Contam que certo homem estava perdido no deserto, prestes a morrer de sede. Foi quando ele chegou a uma casinha velha - uma cabana desmoronando, sem janelas, sem teto, batida do tempo. O homem perambulou por ali e encontrou uma pequena sombra onde se acomodou, fugindo do calor do sol desértico. Olhando ao redor, viu uma bomba a cinco metros de distância - uma velha bomba de água, bem enferrujada. Ele se arrastou até ali, agarrou a manivela, e começou a bombear, a bombear, a bombear sem parar. Nada aconteceu.

Desapontado, caiu prostrado, para trás. E notou que ao seu lado havia uma velha garrafa. Olhou-a, limpou-a, removendo a sujeira e o pó, e leu um recado que dizia:

"Você precisa primeiro preparar a bomba com toda a água desta garrafa, meu amigo. P.S.: Faça o favor de encher a garrafa outra vez antes de partir."

O homem arrancou a rolha da garrafa e, de fato, lá estava a água. A garrafa estava quase cheia de água! De repente, ele se viu em um dilema. Se bebesse aquela água, poderia sobreviver. Mas se despejasse toda aquela água na velha bomba enferrujada, talvez obtivesse água fresca, bem fria, lá do fundo do poço, toda a água que quisesse. Ou talvez não.

Que deveria fazer? Despejar a água na velha bomba e esperar vir a ter água fresca, fria, ou beber a água da velha garrafa e desprezar a mensagem?

Deveria perder toda aquela água, na esperança daquelas instruções pouco confiáveis, escritas não se sabe quando?

Com relutância o homem despejou toda a água na bomba. Em seguida, agarrou a manivela e começou a bombear e a bomba pôs-se a ranger e chiar sem fim. E nada aconteceu! E a bomba foi rangendo e chiando. Então, surgiu um fiozinho de água; depois, um pequeno fluxo e, finalmente, a água jorrou com abundância! Para grande alívio do homem, a bomba velha fez jorrar água fresca, cristalina. Ele encheu a garrafa e bebeu dela, ansiosamente. Encheu-a outra vez e tornou a beber seu conteúdo refrescante.

Em seguida, voltou a encher a garrafa para o próximo viajante. Encheu-a até o gargalo, arrolhou-a e acrescentou uma pequena nota: "Creia-me, funciona. Você precisa dar toda a água, antes de poder obtê-la de volta."

As pessoas que se arriscam a viver assim, verdadeiramente alcançam vôo elevado, sublime. Vivem acima da mediocridade.

Não desista!

Quando as coisas derem errado, como às vezes acontece.
Quando a estrada na qual você caminha com dificuldade parece íngreme demais.
Quando os fundos estão baixos e as dívidas altas, e você quer sorrir, mas tem de suspirar.
Quando o cuidado o pressiona um pouco para baixo, descanse se precisar, mas não desista, pois a vida é esquisita com suas idas e vindas.

(...)

O sucesso é apenas o fracasso virado ao avesso, a tinta prata das nuvens da dúvida.
E você nunca sabe dizer o quão próximo está. Pode ser perto quando parece tão longe.

(...)

"Quando as coisas parecerem piores é que você não deve desistir"!

(Anônimo)

Lições para Bem Viver

“Coragem é fazer aquilo que você tem medo de fazer. Não pode haver coragem se você não estiver amedrontado.”
(Edward Vernon)

Li este texto é achei interessantissimo, por isto resolvi postar e destacar algumas frases que pretendo levar para minha vida.

O pensador russo Gurdjieff, no início do século passado, já traçava algumas regras de vida:

Faça pausas de 10 minutos a cada 2 horas de trabalho. Repita isso na vida diária e pense em você, analise suas atitudes.


Planeje seu dia, mas deixe espaço para o improviso; nem tudo depende de você.


Concentre-se em uma tarefa por vez. Por mais ágeis que sejam seus quadros mentais, você se exaure.


Aprenda a dizer ‘não’ sem culpa; agradar a todos é desgastante.


Esqueça que é imprescindível. Tudo anda sem a sua atuação, a não ser, você mesmo.


Abra mão de ser o responsável pelo prazer de todos. Você não é a fonte dos desejos, o eterno mestre de cerimônias.


Peça ajuda sempre que necessário, com o bom senso de pedir às pessoas certas.


Diferencie problemas reais de problemas imaginários: eles ocupam espaço mental precioso.


Descubra o prazer de fatos cotidianos, como dormir, comer e tomar banho, sem achar que isso é o máximo a se conseguir na vida.


Evite se envolver na ansiedade e tensão alheias enquanto ansiedade e tensão. Espere e depois retome o diálogo, a ação.


A família não é você, está junto de você, compõe o seu mundo, mas não é a sua própria identidade. (ENGOLE ESTA, FLAVIO)


Princípios e convicções fechadas podem ser um grande peso, a trave do movimento e da busca.


Tenha sempre alguém em quem possa confiar e falar abertamente ao menos num raio de cem quilômetros.


Saiba a hora certa de sair de cena. Nunca perca o sentido da importância sutil de uma saída discreta. (IMPORTANTISSÍMO)


Não queira saber se falaram mal de você, nem se atormente com esse lixo mental; escute o que falaram bem, com reserva e sem convencimento.


Competir no lazer, no trabalho, na vida a dois, é ótimo... para quem quer ficar esgotado e perder o melhor.


A rigidez é boa na pedra, não no homem. A ele cabe firmeza, o que é muito diferente.


Uma hora de intenso prazer substitui três horas de sono perdido. O prazer recompõe mais que o sono. Não perca as oportunidades de se divertir.


Não abandone suas três grandes e inabaláveis amigas: a intuição, a inocência e a fé. (adorei)


Por fim, entenda de uma vez por todas: você é o que fizer de você mesmo.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Os Fracassos de Michael Jordan e os seus

"Errei mais de 9.000 cestas e perdi quase 300 jogos. Em 26 diferentes finais de partidas fui encarregado de jogar a bola que venceria o jogo... e falhei. Eu tenho uma história repleta de falhas e fracassos em minha vida. E é exatamente por isso que sou um sucesso."
(Michael Jordan)

Se o maior jogador de basquete da história, responsável pela quebra de praticamente todos os recordes mundiais desse esporte, aceita e supera cada falha, cada fracasso, e ainda diz que foram eles que o tornaram um sucesso mundial, por que tanta preocupação com os erros que você cometeu na semana passada, no mês passado, no ano passado ou no último final de semana?

Se seus erros tiverem sido graves, se você tiver machucado física ou emocionalmente alguém, reflita sobre isso, mude seu comportamento agora, e carregue o aprendizado e a cicatriz em seu coração. Isso tornará você uma pessoa melhor hoje e amanhã, já que o ontem não pode ser mudado.

Mas agora, uma nova semana está começando. Um novo jogo. Um novo time. Um novo prêmio. Assim é a vida. Quando acordou, hoje pela manhã, o Treinador colocou você para mais um campeonato no jogo da vida. Talvez você erre a cesta, como Michael Jordan. Talvez você erre o gol (Pelé errou muitos), mas cada erro, cada falha deve ser usada por você para aprender melhor o caminho, para encontrar em sua mente o Poder Pessoal que vai colocar seus pés no pódio da vida.

Outras pessoas viram seu erro? E daí? Será que havia câmeras transmitindo seus erros para 100 milhões de pessoas ao vivo? Pessoas que contavam com você? Improvável. Mas quando Michael Jordan erra, milhões de pessoas se lembram.

Se Michael Jordan não se deixa desanimar por um erro cometido na frente de 100 milhões de pessoas (e registrado para a história), porque você se deixaria desanimar pelos seus? Use cada erro como uma escada para fazer a coisa certa. Peça desculpas, descanse, volte ao treinamento e inicie uma nova partida. Sua quadra é em casa, com sua família, no trabalho, na escola, com sua alma gêmea ou em todo lugar em que você esteja nos próximos sete dias. Mesmo quando sua única platéia é seu espelho.

E lembre-se do que Jordan diz: "Eu tenho uma história repleta de falhas e fracassos em minha vida. E é exatamente por isso que eu sou um sucesso". O que Jordan quer dizer é que não é possível alcançar o sucesso sem passar pelo fracasso. Deixe-me repetir isso: não é possível. Até quando nascemos, as lágrimas chegam antes dos sorrisos.

Ao terminar essa frase, o jogo vai começar. O Treinador está olhando. Dê o melhor que puder. Respire profundamente, sorria... e boa sorte!

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Adulto - Criança???

“Todo homem tem horas de criança, e infeliz daquele que não as tem.”
(Menendez y Pelayo)

Caminho para a Vida

Para refletir... e eu estou pensando e querendo praticar isto muito ultimamente.
“Os professores abrem a porta, mas você precisa entrar sozinho.”
(Prov. Chinês)

Auto - Imagem

Essa eu precisava engolir... Por isto deixo este texto aqui para não esquecer.


Pense nisso: você perde o seu valor quando se perde na identidade social da fama e da forma.

Fama é quando você deixa de aceitar o talento dos outros porque está apegado demais às suas especialidades e talentos.

Forma é quando você se torna dependente da influência da opinião dos outros.

Todos nós temos uma tendência forte de depender dos outros para a formação de nossa auto-imagem.

Deveríamos mudar e fazer o que consideramos certo, independente da opinião alheia.

Tente ser você mesmo; construa sua auto-imagem sem se importar se alguém a louva ou não.

Jardim da Infância

Ouvi este texto durante meu trajeto para o serviço... e isto realmente me interessou, pois sinto que necessito aplicar algumas partes deste na minha vida. Mas acho que todos nós precisamos... Por isto deixo ele aqui.
Tudo o que hoje preciso realmente saber aprendi no Jardim da Infância
(Pedro Bial)

Tudo o que hoje preciso realmente saber, sobre como viver, o que fazer e como ser, eu aprendi no jardim de infância.A sabedoria não se encontrava no topo de um curso de pós-graduação, mas no montinho de areia da escola de todo dia.

Estas são as coisas que aprendi:

1. Compartilhe tudo;
2. Jogue dentro das regras;
3. Não bata nos outros;
4. Coloque as coisas de volta onde pegou;
5. Arrume sua bagunça;
6. Não pegue as coisas dos outros;
7. Peça desculpas quando machucar alguém; mas peça mesmo !!!
8. Lave as mãos antes de comer e agradeça a Deus antes de deitar;
9. Dê descarga; (esse é importante)
10. Biscoitos quentinhos e leite fazem bem para você;
11. Respeite o limite dos outros;
12. Leve uma vida equilibrada: aprenda um pouco, pense um pouco... desenhe... pinte... cante... dance... brinque... trabalhe um pouco todos os dias;
13. Tire uma soneca a tarde; (isso é muito bom)
14. Quando sair, cuidado com os carros;
15. Dê a mão e fique junto;
16. Repare nas maravilhas da vida;
17. O peixinho dourado, o hamster, o camundongo branco e até mesmo a sementinha no copinho plástico, todos morrem... nós também.

Pegue qualquer um desses itens, coloque-os em termos mais adultos e sofisticados e aplique-os à sua vida familiar, ao seu trabalho, ao seu governo, ao seu mundo e vai ver como ele é verdadeiro, claro e firme.
Pense como o mundo seria melhor se todos nós, no mundo todo, tivéssemos biscoitos e leite todos os dias por volta das três da tarde e pudéssemos nos deitar com um cobertorzinho para uma soneca. Ou se todos os governos tivessem como regra básica, devolver as coisas ao lugar em que elas se encontravam e arrumassem a bagunça ao sair.

Ao sair para o mundo é sempre melhor darmos as mãos e ficarmos juntos. É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão.

"O importante é aproveitar o momento e aprender sua duração, pois a vida está nos olhos de quem souber ver"...

Pois penso que está na hora de muita gente acordar para vida onde muitos nem sabem porque estão aqui.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Crescimento Inverso


Escrevo este post analisando tudo o que me passou este ano e como foi bom. Vejo hoje que estou em um crescimento inversamente proporcional. É meu lado adulto e criança... sério e tolo se integrando. E como estou adorando isto, te me sentir integrado e aceitar meus dois lados (a luz e a sombra, segundo Jung). E que seja disto para mais e melhor. Continuando a percorrer os caminhos da vida... EM VELOCIDADE MÁXIMA E APROVEITANDO AS DERRAPAGENS de cada curva.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Anjos do Picadeiro 7 - Liberdade

"0 Vento toca o meu rosto... me lembrando que o tempo vai com ele..."
(O Tempo - Oficina G3)


Hoje, sendo o palhaço que sou, percebo o quanto me sinto livre para ser e aceitar ISTO. O ridículo, o prazer, a alegria, a felicidade e a paz consigo mesmo. E perceber que podemos desfrutar de bons momentos e não desfrutamos pela incessante busca do poder. Busca esta que nos toma tempo de apreciar momentos belos e singelos em nossa vida... Como este que passei.